terça-feira, 31 de dezembro de 2013

ESPERANÇA




Se eu chorei
pela ausência da morena,
crê, foi um problema!

Se eu chorei
pela falta da amada,
crê, foi uma pancada!

Meu pranto foi tanto
e não resolveu nada!
Não achei a antiga namorada!

Tu és uma pobre coitada
na mesma situação!
Vamos juntos atrás de solução!?

Tu és minha nova amiga,
que no meu teto se abriga,
ainda chora antigo caso,
que o vento levou por acaso!

Dê-me sua mão, vamos procurar
em outro lugar, a paz pro coração
cantando essa canção!

Cantemos este samba!
Coloquemos a tristeza na caçamba!
A tristeza é nosso lixo!
Coloquemos alegria no nosso nicho!

Crê minha companheira,
a felicidade existe! 
Se a tristeza persiste,
não fiques triste,
vamos em busca da alegria
e quando encontrá-la,
vamos abraçá-la
pelo resto de nossas vidas!
Nos alegraremos com a bonança!
Minha menina de trança,
esta é a nossa esperança!

Botucatu, 29/07/1970 - ORIGINAL
Foz do Iguaçu, 31/12/2013 - REEDITADO

Publicado no Recanto das Letras em 31/12/2013
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 31/12/2013
http://www.delynerso.blogspot.com

GLÓRIA é ROSA

POEMGLO NT - 28 (GLÓRIA é ROSA)



Glória é Rosa!
Rosa é, a flor!
Poesia e prosa!

Poemglo é amor!
Estrutura formosa!
Experimental com louvor!

Jardim tem rosas!
Poemglo é flor!
Glosa preciosa é prosa!

Rosa é poemglista e o Recanto é glorioso amor!

P.S.:
Glosa é observação!

POEMGLO é um estilo criado pela poetisa RosaAmbiance. As regras para escrevê-los podem ser encontradas na sua página em Teoria Literária.
http://www.recantodasletras.com.br/teorialiteraria/4550575

Foz do Iguaçu, 30/12/2013
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 31/12/2013
Publicado no Recanto das Letras em 31/12/2013

http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

http://www.delynerso.blogspot.com

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

HOMENAGEM

POEMGLO NT - 27 (HOMENAGEM)


Homenagem é um presente!
É uma reação de uma ação!
Pulsar de coração contente!

Sim, é uma via de duas mãos!
Toma lá, dá cá! Elos de corrente!
Profusão de amor e gratidão!

Espelho reflete imagem presente!
Amor alçará voo, se houver ação!
Poesia é reflexo do poeta contente!

A difusão da poesia virá, se dermos as mãos!

POEMGLO é um estilo criado pela poetisa RosaAmbiance. As regras para escrevê-los podem ser encontradas na sua página em Teoria Literária.
http://www.recantodasletras.com.br/teorialiteraria/4550575

Foz do Iguaçu, 30/12/2013
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 30/12/2013
Publicado no Recanto das Letras em 30/12/2013

http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

http://www.delynerso.blogspot.com

domingo, 29 de dezembro de 2013

EQUAÇÃO DA VIDA

POEMGLO NT - 26 (EQUAÇÃO DA VIDA)


De cada lado do sinal de igual existe desigualdade!
A vida é tal qual química, existe uma bela equação!
Balancear para obter equilíbrio, obtém-se igualdade!

Existe o bem e o mal! Escolha deve ser co'a razão!
Livre arbítrio gera caos geral da matéria, identidade!
Ser humano gosta de babel, desordem e confusão!

Vai ano, vem ano, sempre com maior desigualdade!
A contagem regressiva parece resolver a equação!
A equação da vida, tem na morte a total igualdade!

Equação da vida, com DEUS, equilibra-se, com razão!

POEMGLO é um estilo criado pela poetisa RosaAmbiance. As regras para escrevê-los podem ser encontradas na sua página em Teoria Literária.
http://www.recantodasletras.com.br/teorialiteraria/4550575

P.S.: 
Ano velho, apaga-se a luz! Ano novo, ânsia, que seja de luz!

Foz do Iguaçu, 28/12/2013
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 28/12/2013
Publicado no Recanto das Letras em 28/12/2013

http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

http://www.delynerso.blogspot.com

sábado, 28 de dezembro de 2013

ALFABETO DO SEXO



Alfabeto do sexo só tem a letra F!
Fricção da pele! Fantasia que impele!
Fazer amor! Que expele!
Força que se esgota! Festa que compele!
Frases que estimulam! Filmes que emulam!
Facebook que socializa! Feriado, tudo se realiza!
Ferramenta que experimenta!
Fixo no objetivo! Foto na objetiva!
Fábrica de gozo! Oferenda!
Facho fácil na fenda!
Faísca preliminar! Fagulha ao iniciar!
Fogo ao praticar! Fadiga é crível!
Factível, pois é possível!
Falha é incrível! Inaceitável!
Flexível! Fantástico, sempre!
Fecundo, sempre! Feroz, sempre!
Fiel, sempre! Felino, feliz e ágil!
Fênix, para realizar de novo!
Fenômeno! De novo, é novo!
Farra entre quatro paredes!
Fatal, sempre desejo!
Fato demonstra-se no beijo!
Feroz! Fica-se sem voz!
Fértil, produtivo! Festivo! Foco!
Folha que se descreve sem falha!
Flutua! Folia, de noite e de dia!
Fone, desliga-se! Formal!
Formoso! Fortuito!
Frequência! Ciência!
Furor! Fulgor do amor!
Fuga! Demais! Flecha! Contumaz!
Fugaz! Jamais! 
Flama que inflama!
Franco! Fino no sentido de luxo!
Finito, que seja infinito!
Fusão! Fuzuê! Função! 
Final! Finalmente farei novamente!
Frenesi! Freneticamente!
Fim!

Foz do Iguaçu, 11/04/2012 
Reorganizado  - Republicado em 27/12/2013
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 11/04/2012
Publicado no Recanto das Letras em 27/12/2013

ALFABETO DO TAUTOGRAMA SEXO FALSO

POEMGLO NT - 25 (ALFABETO DO TAUTOGRAMA SEXO FALSO)



Alfabeto do sexo só tem a letra F! Errado, sem nexo!
Fricção da pele! Fantasia que impele! Fazer o amor!
Festa que compele! Fecha com beijo, expele amplexo!

Força e frases! Tautograma falso se esgota sem furor!
Filmes estimulam! Feriado, tudo se realiza! Sem reflexo!
Ferramenta fixa, fácil na fenda, fábrica de gozo e calor!

Fixo no objetivo! Foto na objetiva! Face tem sexo, nexo!
Faísca preliminar! Fagulha, fogo, fadiga ao praticar amor!
Factível, flexível, fatal, demonstra-se no beijo e amplexo!

Feroz, festivo, folia noite e dia! Fica-se sem voz em furor!


P.S.:
Fino no sentido de luxo! Finito, que seja infinito!
Fusão, fuzuê, função final e frenesi sem faniquito!
Fúria frenética, champanhe e fumaça, final expedito!

POEMGLO é um estilo criado pela poetisa RosaAmbiance. As regras para escrevê-los podem ser encontradas na sua página em Teoria Literária.
http://www.recantodasletras.com.br/teorialiteraria/4550575

Foz do Iguaçu, 23/12/2013
Publicado no Recanto das Letras em 28/12/2013

http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

http://www.delynerso.blogspot.com

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

NATAL - FERIADO

POEMGLOS NT - 23 e 24 (NATAL e FERIADO)


Deveria ser dia de consonância!                    Inventaram o nascimento da criança!
Mas o congraçamento é tredo!                      Sem registro em cartório, é segredo!
O feriado é um dia de ganância!                    Procurar na Bíblia? Perca a esperança!

Não estão pensando em credo!                     Não sou contra o dia, o natal é ledo!
Apenas em comilança pra pança!                  Pensando bem, uma santa ignorância!
Bebem tanto de meter até medo!                   Diante de tanta pujança, fico quedo!

A ressaca e o feriado, consonância!              Olvidam do nascimento da criança!
Todo fato simulado é infiel e tredo!                Interessa o comércio, não é segredo!
Os afoitos à abundância, é ganância!            Apesar de tudo, não perco esperança!

Fé cristã, orar começa com credo!                Jesus é rochedo, é água viva, é ledo!


Duplo Poemglos.
POEMGLO é um estilo criado pela poetisa RosaAmbiance. As regras para escrevê-los podem ser encontradas na sua página em Teoria Literária.
http://www.recantodasletras.com.br/teorialiteraria/4550575

Foz do Iguaçu, 23/12/2013
Publicado no Recanto das Letras em 25/12/2013

http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

http://www.delynerso.blogspot.com

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

JULGAR




Aquele que por direito é juiz de fato, julga com o direito de julgar!
Tem aquele que não é juiz, então de fato não tem direito de julgar!
Tem aquele que esconde seu defeito e se acha no direito de julgar!
Este aponta o dedo julgando os outros, sem ter o direito de julgar!
O atirador de pedras, é o que julga sem ter nunca o direito de julgar!
Atirador de pedras tem sempre seu vizinho como telhado de vidro!
Nunca se tem o direito de avizinhar e dizer: eu analiso e alvidro!
Entre o telhado de vidro e a pedra, os desonestos escolhem a pedra!
O mal no mundo é adubado pela inveja, não diminui, ele só medra!
Escolhem-se sinônimos de pedra: calhau, pedregulho, rebo e seixo!
Estes sinônimos no estilingue, alcançam direto o alvo no seu eixo!
Quem sempre se expõe, o telhado é de vidro! É alvo de invejoso!
Invejoso é verdugo da própria consciência! Sempre cobiçoso!

P.S.:
1.O número dos que nos atiram pedras confirma nosso telhado de vidro!
2.Não rechaço quem me atira pedra, é digno de lástima e não de lágrima!

Foz do Iguaçu, 24/12/2013
Publicado no Recanto das Letras em 24/12/2013

sábado, 21 de dezembro de 2013

JESUS, EXEMPLO

POEMGLO NT - 22 - (JESUS, EXEMPLO)

Para julgar, é muito fácil apontar o dedo!
Para julgar, é necessário ter serenidade!
Precisa saber do julgado algum segredo!

Tem gente que julga em toda oportunidade!
Tem a cara e coragem para julgar sem medo!
Erro é uma telha do telhado de vidro! Piedade!

Jesus nunca jogou pedra, nem apontou dedo!
Jesus é o exemplo milenar de maior serenidade!
O cristão espalha a fé abertamente, sem segredo!

Nunca pecou? Jogue pedras! Eis a oportunidade!

POEMGLO é um estilo criado pela poetisa RosaAmbiance. As regras para escrevê-los podem ser encontradas na sua página em Teoria Literária.
http://www.recantodasletras.com.br/teorialiteraria/4550575

P.S.:
Aquele que por direito é juiz de fato, julga com o direito de julgar!
Tem aquele que não é juiz, então de fato não tem direito de julgar!
Tem aquele que esconde seu defeito e se acha no direito de julgar!
Este aponta o dedo julgando os outros, sem ter o direito de julgar!
O atirador de pedras, é o que julga sem ter o direito de julgar!
O atirador de pedras tem seu vizinho como telhado de vidro!
Entre o telhado de vidro e a pedra, os desonestos escolhem a pedra!
Quem sempre se expõe, o telhado é de vidro! É alvo dos invejosos!

Foz do Iguaçu, 13/12/2013
Publicado no Recanto das Letras em 22/12/2013

http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

http://www.delynerso.blogspot.com

IMPOSTÔMETRO


Aquilata,
mostra boa
arrecadação!

O uso,
mostra má
gestão!

Aufere
má intenção!
Afere, isto fere!

Aufere lucros!
Confere povo chucro!
Isto fede fezes!!

Causa nojo!
Causa entojo!
Inépcia no bojo!

Foz do Iguaçu, 11/12/2013
Publicado no Recanto das Letras em 21/12/2013

http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

http://www.delynerso.blogspot.com

ALDRAVIAS NT - 15 (SÍNTESE)


1.
Escrevo
pouco
digo
menos!
Dom
minimalista!

2.
deselegante
prolixo
facundo
loquaz
palavroso
verboso

3. 
lacônico
breve
conciso
sucinto
preciso
sintético

Foz do Iguaçu, 11/12/2013
Publicado no Recanto das Letras em 21/12/2013

ALDRAVIAS NT - 14 (SAMBA DE UMA NOTA SÓ)


1.
Samba
duma
nota
só!
curta
melodia

2.
gente
fala
tanto
não
diz
nada

3.
Outras
notas
entram
base
uma



http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

Foz do Iguaçu, 11/12/2013
Publicado no Recanto das Letras em 21/12/2013

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

ALDRAVIAS NT - 13 (CORAÇÃO É FRUTEIRA)


fruto 
maduro,
aloja!
fruto
podre,
alija!

amor
fruto
maduro!
ódio
rancor
podre!

paixão
amor
maduro!
descaso
caso
podre!


http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

Foz do Iguaçu, 10/12/2013
Publicado no Recanto das Letras em 20/12/2013

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

FANTASIA - DUETOS



FANTASIA - NELSON TEIXEIRA

Fantasio a fantasia todo santo dia!
Fantasio os sinônimos com anônimos!
Extravagância, sempre com elegância!
Alucinação! Ah, lúcida ação!
Devaneio, tem fases, mas já veio!
Ficção, fixa ação, fixação!
Ilusão é imaginação e visão!
Quimera, uma infinda espera!
Sonho fantasiar real carnaval!
Carnaval, fantasio fantasia carnal!
Fevereiro, fantasio que será real!

http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

Foz do Iguaçu, 19/12/2013
Publicado no Recanto das Letras em 20/12/2013

FANTASIA - LILLA WOOD - Recantista

Não seria 
Se te alcançasse.

Ah...Fantasia
Mudo teu gênero, te faço o oposto
Uso, lambuzo, te ponho de quatro
Depois te lavo, te passo e vinco
Desvinculo...
Me desvisto de ti com pesar
E já te vejo célere passar
Ah, fantasia...tem a alma feminina
Constante como as fases da lua
Espero a tua volta, aqui toda nua



E serei frágil...

http://www.recantodasletras.com.br/poesias/4617819

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

ALDRAVIAS NT - 12 (PÓDIO)


ÚLTIMO LUGAR

Nem
ouro,
prata
ou
bronze!
Lanterna!

BOLSAS

bolsas:
pós-doutorado,                (R$4100)
pobreza!
pódio,
saudável
esperteza!                        (R$15000)

P.S.:  HUMOR: 
O que um pesquisador em doutorado faz com bolsa de R$2200, tudo!
O que um nadador em treinamento faz com bolsa de R$15000, nada!
Foz do Iguaçu, 17/12/2013
Publicado no Recanto das Letras em 17/12/2013

http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

MELANCOLIA


Melancolia - MarleneToledo - Poesia Minimalista

  ...e o dia veio,
  O sol chegou florido.
  Mas só vejo frio
  Na vidraça refletido.

Esta linda Poesia Minimalista me inspirou e escrevi isto:

Melancolia - Nelson Teixeira - Quadras

Não, não abra a janela! Entrarão os raios do sol! 
O vidro permite entrar a radiação de onda curta!
Espantarão o frio, e, te aquecerás como um lençol!
Melancolia deve ser curta! Se longa, a vida nos furta!

Há períodos e fases da vida que a torna melancólica!
Não adianta o mundo lá fora estar em vigor primaveril!
Há quem se refugia no teor alcoólico! Sede diabólica!
O melhor é refugiar-se em Deus e perder o perfil febril!

Foz do Iguaçu, 17/12/2013
Publicado no Recanto das Letras em 17/12/2013

Interação de José Romeu - Recantista

MELANCOLIA

Coragem..... abra a janela!
Sinta o sol!
Respire, abra bem os olhos!
Tenha coragem, novamente.
Alguém está do seu lado, presente.
Agora, isso, agora!
Com a coragem presente,
Fale:-Tristeza, vai lá fora....

http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

SONHO UTÓPICO DE JOHN LENNON



Todo equânime vê o sol nascer rotundo!
Mas, mensaleiro vê o sol nascer quadrado!
O sol aparece para todos, até pro imundo!

Salários reclusão e mínimo são diferenciados!
Um em detrimento do outro é um vagabundo!
Acontece destarte para nos deixar indignados!

Se a roda viva da vida fosse um perfeito rotundo,
não precisaria criar a lei de cada um no seu quadrado,
pois não existiriam torpeza, estuprador e pedófilo imundo!

O mundo de Lennon é utópico, e, de cérebros diferenciados!

POEMGLO é um estilo criado pela poetisa RosaAmbiance. As regras para escrevê-los podem ser encontradas na sua página em Teoria Literária.
http://www.recantodasletras.com.br/teorialiteraria/4550575

P.S:.
Imagine, se juntares a nós, és, de Deus, um filho privilegiado!

Foz do Iguaçu, 11/12/2013
Publicado no Recanto das Letras em 11/12/2013

http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

ESCREVER


Escrever, torna-se um vício,
mas não é nenhum sacrifício.
É um belo de um exercício!

É um belo de um sacerdócio!
Dueto é autoria com um sócio!
Parceria em poesia, bom negócio!

Escritor é um ente sempre inquieto!
Sempre envolto em novo projeto!
Ideia é poema e recanto é seu teto!

Foz do Iguaçu, 16/12/2013
Publicado no Recanto das Letras em 16/12/2013

http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite





domingo, 15 de dezembro de 2013

FELIZ ANIVERSÁRIO ATRASADO


Junto minha homenagem com as demais!
Desejo inspiração, saúde, alegria e paz!
Confesso que não acionei minha agenda!
Pela falta de atenção, mereço reprimenda!
Qualquer desculpa, sairá pior que a encomenda!
A melhor que achei, foi que não fui lembrado!
Dedico então este poema, e, considere-se abraçado,
ou, abraçada! O face lembra, mas não estava ligado!
Feliz aniversário, embora seja desejado atrasado!

Foz do Iguaçu, 15/12/2013
Publicado no Recanto das Letras em 15/12/2013

http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

ALDRAVIAS NT - 11 - (CONHEÇO UM MONTE DE GENTE ASSIM)


CONHEÇO UM MONTE DE GENTE ASSIM - 1

Gosta
de
se
auto
definir:
cabotino!

CONHEÇO UM MONTE DE GENTE ASSIM - 2


Prepotente!
Presumido!
Exibicionista!
Melancia
Pescoço
Cabotino!

Foz do Iguaçu, 15/12/2013
Publicado no Recanto das Letras em 15/12/2013

(ALDRAVIA NT - 10 : (A VIDA É TEATRO)) e (A PEÇA)


(ALDRAVIA NT - 10 : (A VIDA É TEATRO))

Autor
Alma!
Personagem
Espírito!
Ator
Corpo!

Inspirei no texto " A peça" de Lilla Wood, cujo link é: http://www.recantodasletras.com.br/microcontos/4205270

A PEÇA (Microcontos) - LILLA WOOD

Naquela peça teatral ela colocou a própria alma. Os créditos foram para a personagem.

Foz do Iguaçu, 15/12/2013
Publicado no Recanto das Letras em 15/12/2013

http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

sábado, 14 de dezembro de 2013

CHUVA


ALDRAVIA NT - 09

Temporal
se
forma!
Chuva
até
entorna!

Foz do Iguaçu, 14/12/2013
Publicado no Recanto das Letras em 14/12/2013

PROLIXO


PROLIXO I

Falar
muito,
dizendo
pouco!
Som
prolixo!

PROLIXO II

Falar
nada!
Som
prolixo,
pro
lixo!

Foz do Iguaçu, 14/12/2013
Publicado no Recanto das Letras em 14/12/2013

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

DESCARGAS ATMOSFÉRICAS



Raios
riscam
céu!
Gritam,
alijam
ampères!

Foz do Iguaçu, 13/12/2013
Publicado no Recanto das Letras em 13/12/2013

ALCOVA


ALCOVA 1

Ele
veste
desejo,
observando
seu
despir!

ALCOVA 2

Olhar
diz
tudo!
Paixão
se
renova!

Foz do Iguaçu, 13/12/2013
Publicado no Recanto das Letras em 13/12/2013

SORTEIO DA FOFA NO SEIO DA FIFA




Motores a roncar, eu a sonhar!         
É de manhã, não nasci no Irã!
Aqui, matar é vil! Nasci no Brasil!
Ainda por cima, saboreio seios!       (da Fernanda Lima)

P.S:.
Lá pode ser homem-bomba!
Aqui toda maromba se tomba!

Lá, pode matar em nome do Onipotente!
Aqui religiões reúnem-se, ecumenicamente!
Ah! Lá, pode apedrejar uma mulher!
Aqui, pode requestar uma mulher!
Lá, numa praça, pode-se matar um magote!
Ah! Lá, não se admira um generoso decote!
Lá existe muito não em vez de sim!
Aqui paz, lá é só acender estopim!

Foz do Iguaçu, 13/12/2013
Publicado no Recanto das Letras em 13/12/2013

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

LUXO e LIXO


Luxo
plana
alto!
Lixo,
planalto
Central!

Foz do Iguaçu, 12/12/2013
Publicado no Recanto das Letras em 12/12/2013

TORPEZA



Sou
um
tapete!
Embaixo,
sujeira:
você!

Foz do Iguaçu, 12/12/2013
Publicado no Recanto das Letras em 12/12/2013

POLÍTICA


POLÍTICA 1

Corrupção,
sujeira
espalhada
pelo
eleitor
ignorante!

POLÍTICA 2

Sujeira,
Água,
Sabão!
Corrupção,
Prisão!
Varrer!

Foz do Iguaçu, 12/12/2013
Publicado no Recanto das Letras em 12/12/2013

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

HUMOR ORTOGRÁFICO 3



A poetisa é o sujeito desta frase que se sujeita à inspiração e poetiza uma poesia! A poetisa poetiza, faz poesia! Pessoa não é verbo! Pessoa é pessoa, poetisa é pessoa, é sujeito! Poetiza é 3ª pessoa do presente do indicativo! Gozado, Poetisa é pessoa e Poetiza também é pessoa, só que ! Confundi? Bem feito!


P.S.:
Poetisa sempre poetiza, mesmo calada! Basta manter o brilho nos olhos!
O espelho reflete a poetisa e comentarista espelhado reflete poetiza! 
Poetisa, muitos te dirão, erradamente, poetiza!

Foz do Iguaçu, 11/12/2013
Publicado no Recanto das Letras em 11/12/2013

A BELA ADORMECIDA - HOMENAGEM AO BALÉ DA ESCOLA DA MELISSA




Era uma vez a princesa Aurora, a Bela Adormecida!
De Tchaikovsky, com balé apresentam sua composição!
Conto de Charles Perrault, torna-se peça conhecida!

Prólogo, o batizado! Ato I, o Feitiço! Ato II, a Visão!
Personagens da Escola de Melissa: seu amor, sua vida!
Príncipe Désiré acorda Aurora com um beijo: a união!

Ato III, o casamento! Aurora deixou de ser adormecida!
Plateia agradecida ouve de Tchaikovsky, sua composição!
Dos contos de fada, a Bela Adormecida é bem conhecida!

Amei, ver minhas netas dançarem! Eis minha opinião e visão!

POEMGLO é um estilo criado pela poetisa RosaAmbiance. As regras para escrevê-los podem ser encontradas na sua página em Teoria Literária.
http://www.recantodasletras.com.br/teorialiteraria/4550575

Foz do Iguaçu, 11/12/2013
Publicado no Recanto das Letras em 11/12/2013

Obs:.
PTI abre as portas para a cultura

Palco para grandes eventos, o Cineteatro dos Barrageiros também será destinado, a partir de agora, para apresentações culturais. Nesta quinta-feira (05), o espaço recebeu o espetáculo de balé “A Bela Adormecida”, da Escola Melissa Martins. A iniciativa atende ao plano de desenvolvimento territorial do PTI, que tem o incentivo à cultura como uma de suas diretrizes.


Leia mais: http://goo.gl/DItf4J ou http://www.pti.org.br/imprensa/noticias/pti-abre-portas-para-cultura

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

PÉGASUS


Escuto um forte som, um rufar de asas!
Só pode ser um Poemglo! Fico admirado!
É filho de Rosa que voou até minha casa!

Poemglo é estrutura poética! Poema alado!
Agora consagrado! Viajante, ele extravasa!
Viaja livre e solto até pra outros estados!

Poema triste não voa, pois não tem asas!
Mesmo assim, ele é belo! Deve ser admirado!
É sem teto, receba pela internet em sua casa!

...Mas, Poemglo viaja de Pégasus, o Cavalo Alado!

POEMGLO é um estilo criado pela poetisa RosaAmbiance. As regras para escrevê-los podem ser encontradas na sua página em Teoria Literária.


http://www.recantodasletras.com.br/teorialiteraria/4550575

Foz do Iguaçu, 09/12/2013
Publicado no Recanto das Letras em 09/12/2013

CHUVA DE VERÃO



Chuva de verão!
Temporal à vista!
Raios, verão!

Chuva no asfalto!
Criança na enxurrada!
Malvado banha gato!

Previsão: temporal!
Raios, pare! Pára-raios!
Embaixo de árvore, é mau!

Torrinha é sede de descarga elétrica!
Índice alto no mapa isoceráunico!
A chuva apagou toda a métrica!

Foz do Iguaçu, 09/12/2013
Publicado no Recanto das Letras em 09/12/2013

TAUTOGRAMA: ENTREVISTA PARA CONTRATO


Conjunto claro, curto? (Sim)
Cara, crânio cadavérico!  (Sim)
Cabelo cheio, com caspa! (Não)
Cabelo cinza com creme! (Sim)
Cunhado com cognome Conhaque! (Não)
Cara cravada de cravos! (Não)
Cachaça? Companheira! (Não)
Cem compadres! (Sim)
Comunhão? Cadeira cativa! (Não)
Conduz caminhão com carreta! (Sim)
Cidadão! Campeão! (Sim)
Cristão! Conceituado! (Sim)
Completo compositor! (Não)
Competente condutor! (Sim)
Construtor! Criador! (Sim)
Confiante! Carnavalesco! (Sim) (Outrora)
Celebra com champanhe! (Sim)
Calmo, careta, carente! (Sim)
Confessa-se confiante:
Corsário! Confuso! (Não)
Carnívoro! Cansado! (Sim)
Caramba, cara crudelíssimo! (Não)
Cara categórico! Contista! (Sim)
Cara consciente! Ciente! (Sim)
Cara cinéfilo! Competente! (Sim)
Cadastro completo? (Sim)
Cadastro contrário? (Não)
Candidato contradizente? (Não)
Confirmado? (Sim)
Contratado? (Não)

Obs: 
Originalmente eu havia escrito:
Conduz caminhão, treminhão! (Sim) (erradamente).
Caro conterrâneo Cerioni corrigiu:
Conduz caminhão com carreta! (Sim)

Foz do Iguaçu, 09/12/2013
Publicado no Recanto das Letras em 09/12/2013

domingo, 8 de dezembro de 2013

BIBLIOTECONOMISTA




 

No horário comercial, ardo!
Meu ofício hoje é sacerdócio!
Na madrugada tento ser bardo!

De dia, no serviço, leio e escrevo!
Hoje, meu escritório é meu negócio!
Com lápis e papel, registrar me atrevo!

Paulo Francis lia um livro por dia!
Sou menos veloz, hoje vivo no ócio!
A TV e o ibope só me dão alergia!

Foz do Iguaçu, 08/12/2013
Publicado no Recanto das Letras em 08/12/2013

VÍCIOS DE LINGUAGEM


Destros iguais Sezabar, escrevem textos de humor!
"Muitos como eu", até gostariam de ter esta verve!
Não é pra qualquer um ter este dom de compor!
Que Deus, em cada um esta faculdade, conserve!

Nada fácil escrever sobre vícios de linguagem!
"Tem culpa eu", se não tenho a menor facilidade!
Nem travestido de bardo retenho esta bagagem!
Cada dia surge no Recanto, poeta de qualidade!

"Filtre no filtro", ou, para o eco coloque barragem!
"Nunca gaste" com aquilo que pra nada lhe serve!
Seja coadjuvante, figurante ou mero personagem!

Não consigo citar todos, portanto não se enerve!
Os recantistas são dentes da mesma engrenagem!
Para comentários, uns deixam livre, outros azerve!

Foz do Iguaçu, 08/12/2013
Publicado no Recanto das Letras em 08/12/2013

sábado, 7 de dezembro de 2013

MANDELA


Mandela experimentou cela!
Madiba doutor escriba!
Modelo melhor, será para sempre!
Modelo maior, hoje ausente!
Máximo exemplo! Magnífico!
Máximo dos máximos!
Magnânimo pra todo mundo!
Mente de saber profundo!
Munificente num mundo hostil!
Mente igual nunca se viu!
Munífico num mundo mesquinho!
Maravilhoso!
Mankind cries your lose!
Man, you are my heroe!
Man, I am your fan!
Man, Mandela mentor!
Merecedor do Nobel da Paz!
Mais galardoado político em vida!
Mandela, Pai da Pátria da moderna África do Sul!

Foz do Iguaçu, 07/12/2013
Publicado no Recanto das Letras em 07/12/2013

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

PALHAÇO


Escrever sobre humor é prazer, nunca cansaço!
Chorar por tristeza alivia, é melhor por alegria!
No teatro tem comédia e no circo tem palhaço!

Circo, cinema ou teatro traz euforia e renova a energia!
Prosa ou poesia Poemglo, humor e sorriso têm espaço!
Molecada, eis o Atchim, Espirro, Carequinha e Arrelia!

A vida moderna trouxe velocidade e enorme cansaço!
Creia, existe procura maior por Deus, por paz e alegria!
Somente no circo, teatro e cinema existem o palhaço!

Mesmo que o dia foi mau, ele representa seu papel com energia!

POEMGLO é um estilo criado pela poetisa RosaAmbiance. As regras para escrevê-los podem ser encontradas na sua página em Teoria Literária.
http://www.recantodasletras.com.br/teorialiteraria/4550575

Foz do Iguaçu, 05/112/2013
Publicado no Recanto das Letras em 05/112/2013

P.S:. 
1. Dedico este poema aos palhaços Xereta e Mocinho das touradas do Constante Giacomelli.
2. Homenageio dois artistas que representaram os palhaços, numa linda história, no filme O Palhaço que são Selton Mello e Paulo José! Linda direção e atuação!

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

CONSCIÊNCIA


Consciência
não tem
cor!

Não 
é
vermelha!

Não
é
amarela!

Não
é
negra!

Não
é
branca!

Deve
ser
clara!

Ser
transparente
então!

Pobre
tem
cor?

Desprovido
tem
cor?

O que
é
cor?

Vermelho
de
raiva!

Amarelo
de
vergonha!

Branco
da
paz!

Deus
tem
cor?

Nelson Teixeira

Obs:. Os Cones são as células do olho humano que tem a capacidade de reconhecer as cores. Já os Bastonetes, outro tipo de célula do olho humano, tem a capacidade de reconhecer a luminosidade. Por isso tem daltonismo e monocromático! Tenho um amigo que enxerga apenas na escala cinza, não confundir com daltônico que confunde verde e vermelho! 
Então, não é privilégio de nenhuma raça: índio (vermelha), de oriental-asiático (amarela), de afro (negra) e nem de caucasiano (branca), enfim todas têm consciência, não???

A visão
é uma
interpretação!

Gustavo Teixeira

Dueto: Nelson Teixeira e Gustavo Teixeira

Foz do Iguaçu, 02/11/2013
Publicado no Recanto das Letras em 02/11/2013