segunda-feira, 31 de março de 2014

FALTA O QUE DEVERIA SOBRAR: VERGONHA



FALTA O QUE DEVERIA SOBRAR: VERGONHA

Sobra água, faltam reservatórios! Abrir vertedouros!
Falta água, sobram até falatórios! Fechar sumidouros!
Falta energia, sobejam racionamentos! Falta de gestão!
Falta energia, sobram desculpas! Soçobram em sugestão!
Faltam políticas públicas! Sobram descasos de impolutos!
Sobram Corruptos! Sobram X-9 e peculatos astutos!
Sobram dozenas de doentes pelo país afora! Faltam hospitais!
Os doentes esperam pelos corredores com seus ais!
Sobram crianças! Falta planejamento familiar! Se avexe!
Sobram crianças e alunos, faltam escolas e creches!
Falta governo, falta vergonha na cara de campeche!
Falta timoneiro no país, o que existe merece cheche!
Os vadios sadios estão no mesmo vagão da corrupção,
tramando negociatas de refinaria e de trens! Peraltas!
Faltam muitas sobras ou sobram muitas faltas???
Faltam soluções! Sobram problemas! Maré alta!!
Falta caráter que se ponha acima da vergonha!
Tem aquele que aproveita daquele que dorme e sonha!
O povo tem pudicícia e não carrega a estultícia!

P.S.:
Mensalão (qualquer que seja o Partido), caso Pasadena-Petrobrás e esse trem vai longe....Suspeita-se que o escândalo dos trens, investigado pelo CADE, estejam envolvidos vários governos! Ô cambada de filhos de sucata...Reportagem sobre: VEJA, da Abril - edição 2366 de 26/03/2014.

Foz do Iguaçu, 31/03/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 31/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 31/03/2014

http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

sexta-feira, 21 de março de 2014

DUALIDADE


Uma parte de mim quer partir,
a outra não queria nem estar aqui!

Uma parte de mim é desastrada,
a outra, na verdade, está quebrada!

Uma parte de mim queria paixão,
a outra não queria nada não!

Uma parte de mim queria ser vista,
a outra queria nem dar na vista!

Uma parte de mim queria ser imaculada,
a outra queria ser enodoada!

Uma parte de mim queria ser amada,
a outra queria ser desprezada!

Uma parte de mim queria ser inteira,
a outra quer que seja só metade!

Uma parte de mim queria ser suficiente,
a outra faz questão de ser ineficiente!

Uma parte de mim queria ser uma só,
a outra faz questão da dualidade!

Uma parte mim queria ser sóbria,
a outra faz questão de ser sobra!

Uma parte de mim queria mesmo ser eu,
a outra faz questão de ser outro eu!

Uma parte de mim faz parte de mim,
a outra faz questão de estar em mim!

Duas partes de mim formam meu nada eu!
Uma nega a outra! O equilíbrio se perdeu!

Foz do Iguaçu, 11/03/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 21/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 21/03/2014
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

segunda-feira, 17 de março de 2014

CONTATO IMEDIATO DE 1º GRAU


Vou te enviar um feitiço,
que te faça o mesmo viço,
que grudou no meu corpo! Anti-corpo!

Vou te enviar um desejo,
que tenha o sabor do beijo,
que grudou nos meus lábios! Sábios!

Vou te enviar uma oração,
que tenha a mesma bênção,
que grudou na minh'alma! Acalma!

Vou te enviar onda de amor,
que tenha o mesmo calor,
que grudou no meu coração! Corpo São!

Vou te enviar um sonho,
que tenha o fruto inconho,
que grudou na minha vida! Na medida!

Vou te enviar uma mensagem,
que tenha nossa imagem,
que grudou no meu cérebro! Quebro!

Vou te enviar uma correspondência,
que tenha nossa paixão em sequência,
que grudou em mim com sapiência! Ciência!

Vou te enviar um SMS,
que tenha nossa safra e messe,
que grudou no meu interesse! Aquece!

Vou te enviar um P.S.:,
que tenha nossa benesse,
que se desgrudou numa prece! Sua prece!

Foz do Iguaçu, 14/03/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 14/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 14/03/2014
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

domingo, 16 de março de 2014

DETESTÁVEL


Em todo e qualquer (re)canto tem panela!
Até no armário da cozinha tem panela!

Grupo fechado se reúne: é uma panelinha!
Estritamente pra tramoia, é uma igrejinha!

Algumas pessoas vivem em conluio e trama!
Quem disso faz parte, cria fama, deita na cama!

Políticos que visam seus próprios interesses!
São fariseus cujos objetivos são as benesses!

Sinônimo, mesmo pecado: é uma intentona!
Existe mais respeito num bordel e na zona!

Ei, você faz parte de alguma maquinação!??
Sei, em circunstância vantajosa tem elação!

Você faz parte do mesmo saco de farinha???
Acho que é do saco de joio, mesma linha!

Então, vá defecar no seu próprio urinol!
Astro rei é de todos, temos direito ao sol!

Só ganha sombra da justiça quem merece!
Deve-se orar pra todos, esta é minha prece!

P.S.: 
Existe um lugar ao sol para todos, principalmente quando
todos querem ficar à sombra! - Jules Renard.

Foz do Iguaçu, 16/03/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 16/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 16/03/2014
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

sexta-feira, 14 de março de 2014

EXCLUÍDO


Sem problemas com dinheiro, pudera nunca teve!
Com problema com o sorriso, pudera é banguela!
Sem família, pudera fora abandonado numa favela!
Vive sempre doente, pudera saúde nunca manteve!

Pelo seu aspecto, nunca conseguiu nenhum trabalho!
O dinheiro que amealha é o que consegue de esmola!
É um belo exemplo de iletrismo, ensino falho na escola!
Na eleição, ele é um voto; fora essa época é rebotalho!

O jogado às traças, vira a ralé e escória da sociedade!
Seu porte é de pobreza e não de desonra e de opróbio!
Sua vida não tem um mínimo de vaidade e saciedade!

Vive só do que lhe dão e do nada que já lhe é próprio!
Vive de migalhas caídas da mesa, mesmo por caridade!
Usura, essência da embriaguez! Nisso o pobre é sóbrio!

Foz do Iguaçu, 14/03/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 14/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 14/03/2014
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

quarta-feira, 12 de março de 2014

BASTA DE BESTA


basta de festa
besta infesta
besta em festa, se manifesta

POETRIX
Foz do Iguaçu, 11/03/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 12/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 12/03/2014
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

EGÓLATRA


EGÓLATRA
Ostenta com objetos os amigos!
Os tenta com projetos os inimigos!
Cabotino com todos!

POETRIX
Foz do Iguaçu, 11/03/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 12/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 12/03/2014
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

HONESTO, DE CONFIANÇA

NÃO!

fio do bigode, homem de palavra
homem do sim sim, não não
produto raro nesta lavra

POETRIX
Foz do Iguaçu, 12/03/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 12/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 12/03/2014

http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

PATRIMÔNIO DO POBRE POETA POBRE



estrofe no cofre 
na vida, sem terra
na partida, com terra

P.S.: Se o cotidiano lhe parece pobre, não o acuse: acuse-se a si próprio de não ser muito poeta para extrair as suas riquezas. (Rainer Rilke)


POETRIX
Foz do Iguaçu, 12/03/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 12/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 12/03/2014
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

terça-feira, 11 de março de 2014



de menos, Tomé!
de mais, tome eu!
só vendo....

POETRIX
Foz do Iguaçu, 10/03/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 10/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 10/03/2014

http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

MARIA da PENHA e SECA


MARIA da PENHA e SECA

duas leis...
e Seca, sobrenome do marido...
esposa, com boca inchada; esposo com boca seca...

POETRIX
Foz do Iguaçu, 10/03/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 10/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 10/03/2014

http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

UNIÃO, INTERSECÇÃO, SEPARAÇÃO, CONJUNTO VAZIO


BLÁ, BLÁ, BLÁ....SIM E SIM. PODE BEIJAR A NOIVA JUNÇÃO ATÉ QUE A SEPARAÇÃO SE DÁ PROPRIAMENTE DITA OU POR MORTE!

causa no mento calafrio, intersecção...
casamento causa frio, união...
dois em um, às vezes conjunto vazio!

POETRIX
Foz do Iguaçu, 10/03/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 10/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 10/03/2014

http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

DÚVIDA: DOLOSO ou CULPOSO


DÚVIDA: DOLOSO OU CULPOSO

criou-se clima no bar da esquina tal...
corpo estendido no chão...
criou-se outro crime. Qual?

POETRIX
Foz do Iguaçu, 10/03/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 10/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 10/03/2014

http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

CONDUÇÃO



CONDUÇÃO
com ela se corre
com ela se socorre
com ela se morre

POETRIZ
Foz do Iguaçu,11/03/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 11/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 11/03/2014

http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

domingo, 9 de março de 2014

LEI SECA



POEMA LUZÍDICO NT - 14 (LEI SECA)

Bebe, logo, o trânsito atrapalha!
Se parado, e, é inquirido, apela!
Sempre dirige mal, é navalha!

Sem os reflexos ele atropela!
Já perdeu a luta? Jogue a toalha!
A lei seca é jogada pela janela!

Homicida ou coisa que o valha!
Se parado, e, é inquirido, apela!
Sempre dirige mal, é navalha!

Na lama do erro se embrenha, deixa luto e dor pela sua trilha!
Bafômetro, biografia e resenha! Não respeita nem sua família!


POEMA LUZÍDICO - Estilo criado por RosaAmbiance com as regras descritas em: 
http://www.recantodasletras.com.br/teorialiteraria/4671078
Foz do Iguaçu, 30/01/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 09/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 09/03/2014
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

LEIS: SECA e MARIA da PENHA


Bebe, logo, o trânsito atrapalha!
Se parado e é inquirido, apela!
Sempre dirige mal, é navalha!
Sem os reflexos ele atropela!

Ele não cuida da própria vida!
Então, não respeita a lei seca!
Com carro torna-se homicida!
Provoca tumulto e enxaqueca!

Não tem amor na sua família!
Infringe a lei Maria da Penha!
No mar de cidadãos, uma ilha!

Na lama do erro se embrenha,
deixa luto e dor pela sua trilha!
Bafômetro, biografia e resenha!

Foz do Iguaçu, 30/01/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 09/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 09/03/2014
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

sábado, 8 de março de 2014

THE WOMAN - MONOVERSOS EM LAÇOS NT - 03

 
The woman shines as it Dalva Star!
It is the enhancement of God's creation!
The woman's soul is pure and whiter! My star!
Yes, she is selfless to her sons! 

She is in all human functions! The best!
The Pope was Joan, have records of the era!
Is there controversy, matter? Are profane? Protest?
It mythomaniac lie? If it was, it was! Chimera!

So, here then, was Pope and today is president! The best!
And so, it is versatile and very brave! For now and evermore!
She is queen, poet, mother, wife, sister and daughter! My breath!
She makes concomitant things and takes care of the family! I adore!

MONOVERSO, estilo de RosaAmbiance, com as regras descritas em:
http://www.recantodasletras.com.br/teorialiteraria/4713701
Foz do Iguaçu, 04/03/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 08/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 08/03/2014
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

MULHER - POETRÊS NT - 02

POETRÊS NT - 02 (MULHER)

Oitavo
dia
de março!

Dia
internacional
da mulher!

Parabéns
efusivos
e festivos!

A mulher,
essência
da vida...

Além
de tudo,
poesia!

POETRÊS, experimental de criação de JCoelho conforme regras descritas no link abaixo:
http://www.recantodasletras.com.br/mensagens/4693311
Foz do Iguaçu, 07/03/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 08/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 08/03/2014
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

A MULHER - MONOVERSOS EM LAÇOS NT - 02 e THE WOMAN



MONOVERSOS EM LAÇOS NT - 02 (A MULHER)

A mulher brilha tal qual estrela Dalva!
É o aprimoramento da criação de Deus!
A alma da mulher é pura e mais alva!
Sim, ela é abnegada aos filhos seus!

Ah! Está em todas as funções humanas!
A Joana foi Papisa, têm registros da era!
Há controvérsias, importa? São profanas?
É patranha de mitômano? Se foi, já era!

Aí então, foi Papisa e hoje é presidente!
E assim, ela é polivalente e muito valente!
É rainha, poeta, mãe, esposa, irmã e filha! 
Faz coisas concomitante e zela pela família!

MONOVERSO, estilo de RosaAmbiance, com as regras descritas em:
http://www.recantodasletras.com.br/teorialiteraria/4713701
Foz do Iguaçu, 07/03/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 07/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 07/03/2014
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite


THE WOMAN

The woman shines as it Dalva Star!
It is the enhancement of God's creation!
The woman's soul is pure and whiter!
Yes, she is selfless to her sons

AhIs in all human functions!
The Pope was Joanhave records of the era!
There is controversymatterAre profane?
It mythomaniac lieIf it was, it was! 

Here then, was Pope and today is president!
And so, it is versatile and very brave!
She is queen, poet, mother, wife, sister and daughter!
She makes concomitant things and takes care of the family!

HINOS-MUSICAL - POETETRA NT - 02

 POETETRA NT - 02 (HINOS-MUSICAL)

Um
verso
musical
encantando!

Tem
nota
musical
sustenido!


coral
musical,
sensibiliza!

Os
hinos
musicais
espiritualizam!

POETETRA, experimental de criação de Norma Aparecida Silveira Moraes conforme regras descritas no link abaixo:
http://www.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=4702057
Foz do Iguaçu, 07/03/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 08/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 08/03/2014
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

sexta-feira, 7 de março de 2014

CONGREGAÇÃO - POETETRA NT - 01



POETETRA NT - 01 (CONGREGAÇÃO)
 


somos
somados
congregando!

Quem
fica
alheio
ridiculariza-se!

Não
seja
fariseu,
evangelize!


Reza
Oração
Transformação!

POETETRA, experimental de criação de Norma Aparecida Silveira Moraes conforme regras descritas no link abaixo:
http://www.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=4702057
Foz do Iguaçu, 07/03/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 07/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 07/03/2014

FUTEBOL - POETRÊS NT - 01


FUTEBOL

Não
gosto
de futebol!

Na verdade,

gostei!

A violência
de hoje,
enoja!

Está
presente
nos jogadores...

E também
na torcida
organizada!



Saudade
da Associação
Torrinhense!

POETRÊS, experimental de criação de JCoelho conforme regras descritas no link abaixo:
http://www.recantodasletras.com.br/mensagens/4693311
Foz do Iguaçu, 07/03/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 07/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 07/03/2014
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

POESIA e MÚSICA - MONOVERSO NT - 01


MONOVERSO NT - 01 (POESIA e MÚSICA)

Vim e venho aqui, quando triste!
E estando assim, canto um alegro!
Ah! Assim executado, me reintegro!
Bem, percebo que a felicidade existe!

Vi poesia e música na mesma frequência!
Os Poetas, poetisas e músicas se sincronizam!
O coração alegre pulsa, em feliz cadência!
A languidez e a dor, na sequência se agonizam!

Nem penso em mudar de estilo e atitude!
A música orquestrada sempre me acalma!
Os hinos de louvores alimentam a alma!
A poesia me faz voar em grande altitude!

MONOVERSO, estilo de RosaAmbiance, com as regras descritas em:
http://www.recantodasletras.com.br/teorialiteraria/4713701
Foz do Iguaçu, 07/03/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 07/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 07/03/2014
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

quinta-feira, 6 de março de 2014

TEORIA-ABSTRAÇÃO e PRÁTICA-GENERALIZAÇÃO




A teoria se associa com a prática!
Hipótese é uma receita suposição!
Em teste, confirma tese em ação!
A mente engenhosa é uma fábrica!

A prática evolui para a perfeição!
Ó ególatra, desça deste pedestal!
A humildade é gesto de sujeição!
Ser cabotino é achaque, faz mal!

Com competência se estabelece!
Arrogância não leva à promoção!
Use a cabeça, aí corpo não padece!

Seja fiel aos deveres, terás direitos!
Trabalho feito, o restante é ilação!
Some qualidades, diminua defeitos!

Foz do Iguaçu, 04/03/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 06/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 06/03/2014
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

ORAÇÃO: LIVRAI-NOS DESTES e DOS CABOTINOS




É, a patranha está presente na vida dos mitômanos!
Não sejamos heliólatras, mas também não ególatras!
Sejamos livres dos tiranos insanos e dos profanos!
Não sejamos alcoólatras, xilólatras e nunca idólatras!

Sejamos livres dos que se fingem de pobres coitados!
Que tenhamos luz pra solucionar com discernimento!
Que tenhamos forças para o socorro dos necessitados!
Aprendamos, separar joio do trigo, com entendimento!

Nos eximai da adiacritolatria e também da ofiolatria!
Queremos o escudo da fé e mais a couraça da justiça!
Nos prescindai da heliolatria e também da necrodulia!

Cingiremos os lombos contra dias maus, com a verdade!
Pés calçados do evangelho da paz como uma premissa!
Que Deus estabeleça esta oração de fé, e, com equidade!



Foz do Iguaçu, 30/01/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 04/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 04/03/2014
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

quarta-feira, 5 de março de 2014

ERROS de TOLERÂNCIA e ACERTOS INEXATOS

Meu erro eu acerto!
Concreto o abstrato!
Faço tudo bem certo!

Lei de Murphy, fato exato!
Erro de longe e de perto!
Deixo o crédulo estupefato!

Desastrado, nada acerto!
Exemplo do conceito abstrato!
Pra ignorante, está tudo certo!

A vida é feita de erros e acertos! A minha é feita de poesia!

P.S.: (Pensamento)
Com perfeição, eu acerto meus erros! Tenho erros de tolerância nos meus acertos. Ninguém é perfeito! Existe diferença entre exatidão e precisão!

Escrevi inspirado no texto: Erros e acertos de Lucia Moraes!
http://www.recantodasletras.com.br/poesias/4659043

POEMGLO, estilo de RosaAmbiance, com as regras descritas em:
http://www.recantodasletras.com.br/teorialiteraria/4550575
Foz do Iguaçu, 05/03/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 05/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 05/03/2014
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

ERROS e ACERTOS



Com perfeição, eu acerto meus erros! Tenho erros de tolerância nos meus acertos. Ninguém é perfeito! Existe diferença entre exatidão e precisão! Ariexiet - 05/03/2014

Persisto na ação já feita, refazendo-a com mais atenção, tentando consertar meus erros! Tenho erros de tolerância nos meus acertos. Ninguém é perfeito! Existe diferença entre exatidão e precisão! Ariexiet - 15/06/2014 - RL- reeditada

terça-feira, 4 de março de 2014

VOLTA POR CIMA


OLHO POR OLHO, DENTE POR DENTE!
ou TUDO QUE VAI, UM DIA VOLTA!
ou TUDO QUE SOBE, DESCE... 




Vou engolir agora o choro desta grande sanha.
Guardá-lo-ei para um dia soltá-lo em vômito!
Desta vez você não me compra com barganha.
Sem ser dócil, terei comportamento indômito!

Eu nunca ganhei nas disputas de queda de braço.
Você usava de trapaça em todo tipo de façanha!
Acuá-lo-ei no canto do ringue, não darei espaço!
Preparei-me para o combate, e, isto me assanha!

Nunca mais você quebrará meu telhado de vidro!
Irei pisar sobre a tua cabeça com força tamanha!
De juiz tornar-se-á réu! Agora sou eu que alvidro!

Há homens e homens! Você não é sexo forte!
Olho por olho! Sempre bateu, agora apanha!
Sem sorte, perdeu o amor, a pecha e o porte!

Foz do Iguaçu, 30/01/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 04/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 04/03/2014
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

SAUDADE DO MEU PRIMO NORBERTO

POEMGLO NT - 52 (SAUDADE DO MEU PRIMO NORBERTO)

Temos te encontrado em quimeras e sonhos!
Saudade é um mar de sofrimento e languidez!
A presença da ausência deixa-nos tristonhos!

Aceitar os desígnios de Deus é mostrar solidez!
Perder entes queridos são fatos bem enfadonhos!
Penso então, ele foi filho de Deus em honradez!

Elevo pensamento ao céu e o vejo pelos sonhos!
O amor demonstrado pelos outros derruba a languidez!
A lembrança dos bons momentos prostram os tristonhos!

Sua passagem pela vida pública foi proba, digna e exemplo de solidez!

P.S.:
Sua passagem pelas nossas vidas foi meteórica, mas plena de amor!
O alívio da saudade é perceber que ele está nos braços do Senhor!

POEMGLO, estilo de RosaAmbiance, com as regras descritas em:
http://www.recantodasletras.com.br/teorialiteraria/4550575
Foz do Iguaçu, 26/02/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 04/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 04/03/2014
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

segunda-feira, 3 de março de 2014

DECISÃO


POEMGLO NT - 51 (DECISÃO)

O segundo até parece minuto!
O minuto se parece com hora!
Parece tempo poluído, poluto!

Hora demora igual um dia agora!
O dia é igual semana! Dia bruto!
Semana é mês; mês é ano por ora!

O fim e o adeus vêm num minuto!
Chega num ponto sem marcar hora!
Deixa ressaca e um clima bem poluto!

Separação deve ser amadurecida! A decisão açodada nunca é agora!


P.S.:

Às vezes, a separação é a única confirmação possível daquilo que é mais valioso numa união! - Caetano Veloso.
 

POEMGLO, estilo de RosaAmbiance, com as regras descritas em:
http://www.recantodasletras.com.br/teorialiteraria/4550575
Foz do Iguaçu, 26/02/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 03/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 03/03/2014
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

VENTO DA PAIXÃO



POEMGLO NT - 50 (VENTO DA PAIXÃO)

A transformação da paixão
em simples amor, é triste!
O calor foge do coração!

E remédio para isso, existe?
Sim, doar-se com dedicação!
Senão, o clima ruim persiste!

Pinte o amor de nova paixão!
Alegre-se, deixei de ser triste!
Singre no sangue do coração!

Aproveite o vento da paixão! A felicidade existe!

POEMGLO, estilo de RosaAmbiance, com as regras descritas em:
http://www.recantodasletras.com.br/teorialiteraria/4550575
Foz do Iguaçu, 26/02/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 03/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 03/03/2014
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

VAGABUNDO EM LUZÍDICO



POEMA LUZÍDICO NT - 13 (VAGABUNDO)

Tem três dias no ano que o vagabundo nada faz:
Um se chama ontem e o outro se chama amanhã,
e ele escolhe hoje pra demonstrar que é contumaz!

Comporta-se de modo volúvel e ainda possui fã!
Seu modus operandi incomoda, e, nos tira a paz!
Conselheiro de si mesmo; o sofá, é o seu divã!

No ano bissexto, ele fica um dia a mais! Capaz!
Um se chama ontem e o outro se chama amanhã,
e ele escolhe hoje pra demonstrar que é contumaz!

Ocioso, tunante, vadiante, inútil total e absoluto!
Na sociedade real e solvente é verdadeiro soluto!

POEMA LUZÍDICO - Estilo criado por RosaAmbiance com as regras descritas em:
http://www.recantodasletras.com.br/teorialiteraria/4671078
Foz do Iguaçu, 01/03/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 03/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 03/03/2014
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

VAGABUNDO EM SONETO


Tem três dias no ano que o vagabundo nada faz:
Um se chama ontem e o outro se chama amanhã,
e ele escolhe hoje pra descansar sem nenhum afã!
Ele não é incapaz, ele é um assaz vadio contumaz!

Comporta-se de modo volúvel e ainda possui fã!
Seu modus operandi incomoda, e, nos tira a paz!
É sagaz, ineficaz, pertinaz, mordaz e sem cartaz!
Conselheiro de si mesmo; o sofá, é o seu divã!
     
Ocioso, tunante, vadiante, inútil total e absoluto!
Ele consegue atrair gente de sua laia igual um ímã!
Grudam-se no ócio e no vício do mesmo reduto!

Nada produz, só absorve; um modelo de parasita!
Na sociedade real e solvente é verdadeiro soluto!
Ninguém merece esta praga, infortúnio e desdita!


Foz do Iguaçu, 30/12/2013
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 03/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 03/03/2014
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

domingo, 2 de março de 2014

SAUDADE DA MINHA IRMÃ TÂNIA


POEMA LUZÍDICO NT - 12 (SAUDADE DA MINHA IRMÃ TÂNIA)

Tenho te procurado por todo quanto é sonho!
Saudade é um mar de languidez e desencontro!
A decepção da tua ausência deixa-me tristonho!

Discutir os desígnios de Deus é um confronto!
A perda de um ente querido é fato enfadonho!
Penso então, que minh'irmã é um anjo e pronto!

Elevo pensamento ao céu e a vejo entressonho!
Saudade é um mar de languidez e desencontro!
A decepção da tua ausência deixa-me tristonho!

O alívio da saudade é perceber que ela está nos braços do Senhor!
A sua passagem pela nossa vida foi meteórica, mas plena de amor!

POEMA LUZÍDICO - Estilo criado por RosaAmbiance com as regras descritas em:
http://www.recantodasletras.com.br/teorialiteraria/4671078
Foz do Iguaçu, 01/03/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 02/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 02/03/2014
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

PONTE


POEMA LUZÍDICO NT - 11 (PONTE)

Estou ainda sem forças para atravessar a ponte!
Quando eu percebo, já estou lá do outro lado!
Nada como ter bênçãos de Deus como fonte!

Confiante, temos auxílio e este norte abalizado!
Sozinhos, ficaríamos perdidos sem horizonte!
As intempéries da vida nos deixam atordoados!

Que Deus nos livre do lado distante e destoante!
Quando eu percebo, já estou lá do outro lado!
Nada como ter bênçãos de Deus como fonte!

Que Deus nos livre dos caminhos maus e divergentes!
Buscar a salvação e andar em retidão são convergentes!

POEMA LUZÍDICO - Estilo criado por RosaAmbiance com as regras descritas em:
http://www.recantodasletras.com.br/teorialiteraria/4671078
Foz do Iguaçu, 01/03/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 02/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 02/03/2014
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

sábado, 1 de março de 2014

VILIPENDIAR VAGABUNDOS, VULPINOS, VULTURINOS, VALERIODUTOS...


Vivo violando várias vias,
veiculando vezes variado,
vezes vacilante, vazio, vadio!
Vago, vagabundo, vagaroso!
Viajo, viagem via vai-vem, vai-não-vai!
Valor valente válido!
Valioso, valoroso, valido!
Vanguardista, vanglória, vantagem!
Varão, varonil, varapau!
Veia, variz, varicoso!
Vi, vivi varicela!
Vaticino viva vazia!
Vazão veemente vetor vegetativo!
Vi veleidades, vontade vomitar!
Velho, vencedor, vermelho!
Vênia, veneta, venero vento!
Verdade, verás veraz veracidade!
Verba verde vê valor!
Vergonha verde-amarela veredicto!
Versão verossímil! Vertigem!
Víboras velhas vetam! Vexame!
Vestígios violados! Viés!
Vigarice, vigaristas!
Vigília vigente!
Velhaco vil, vilão!
Vilipendiar vagabundos!
Vínculo vindouro, voto vingança!
Virá viravolta! Vislumbro!
Vitalício, vírus vital!
Visto visual vistoso: vitorioso!
Vítima vivaz, vivifica-se!
Vizinho vívido vingue-se:
voluntarioso vote voraz!
Vez, vês vultos, vozes...
Vultos vulpinos, vulturinos...
Vocação, vulcão, volúpia...
Viu, Valeriodutos?



Foz do Iguaçu, 28/02/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 01/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 01/03/2014
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

SAUDADES


POEMA LUZÍDICO NT - 10 (SAUDADES)

Cada ano de vida é, de Deus, um belo presente!
Devemos ter saudades das coisas boas e ruins!
Das boas porque o prazer é ainda bem fulgente!

Prazeroso, superamos as coisas ruins e afins!
Isso dá força, aumenta a fé e nos deixa prudente!
O passado ajuda o futuro com anjos e querubins!

Saudade boa, se apresente! A ruim, fique latente!
Devemos ter saudades das coisas boas e ruins!
Das boas porque o prazer é ainda bem fulgente!

A saudade aumenta à medida que se envelhece!
Viva bem cada dia! Coração bom não arrefece!

P.S.:

Pratique coisas boas como se fosse doar os rins!

POEMA LUZÍDICO - Estilo criado por RosaAmbiance com as regras descritas em:
http://www.recantodasletras.com.br/teorialiteraria/4671078
Foz do Iguaçu, 28/02/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 01/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 01/03/2014
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

ANO DE FESTAS - 2014


POEMA LUZÍDICO NT - 09 (ANO DE FESTAS - 2014)

É, o ano de dois mil e catorze será só de festas!
Muitos feriados, o que se diz: ano improdutivo!
Pão, já se tem! O governo vomita ações indigestas!

Ano Novo, 2014! Ficar de folga, tudo é motivo!
Agora é carnaval! Promiscuidades são manifestas!
Bebedeiras, lascívias e drogas! Consumo expressivo!

Depois do carnaval, vem a copa do mundo! Contestas?
Muitos feriados, o que se diz: ano improdutivo!
Pão, já se tem! O governo vomita ações indigestas!

O Brasil tem 8 nacionais, 7 facultativos e inflação dissimulada!
Tem os estaduais e municipais! Dance, a fera está descontrolada!

POEMA LUZÍDICO - Estilo criado por RosaAmbiance com as regras descritas em:
http://www.recantodasletras.com.br/teorialiteraria/4671078
Foz do Iguaçu, 28/02/2014
Publicado no www.delynerso.blogspot.com em 01/03/2014
Publicado no Recanto das Letras em 01/03/2014
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite